2010 em imagens

Posted in Uncategorized on dezembro 17, 2010 by ewertonbruno

Lista com 120 imagens dividas em 3 partes. Imagens incríveis, impressionantes e motivantes. Vejam:


Parte I
Parte II
Parte III

PROGRAMAÇÃO NATAL HANGAR- SHOWS GRATUITOS APARTIR DE 10/12/2010

Posted in Uncategorized on dezembro 10, 2010 by ewertonbruno

Natal Hangar 2010

Início: 11/12/2010 19:00
Evento: Shows musicais na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.
Período: de 10 a 12 e de 16 a 20 de dezembro.
Ingressos: Entrada Franca com doações voluntárias de brinquedos, produtos de higiene pessoal e fraldas descartáveis que serão distribuídos para o Emaús, movimento filantrópico da igreja católica em defesa das crianças e adolescentes, que completa 40 anos de existência no Pará.
Informações: (91) 3344-0100.

*Nando Reis e Zeca Baleiro – Abertura do Natal Hangar 2010

Início: 10/12/2010 19:00
Evento: Os cantores Nando Reis e Zeca Baleiro abrem a programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”. Na ocasião, ainda será inaugurada a tradicional decoração natalina, onde a combinação das luzes das sete árvores de alumínio, em conjunto com o grande presépio de ferro localizado no lago do complexo, promove um espetáculo à parte.

*Casuarina e Funk Como Le Gusta – Natal Hangar 2010

Início: 12/12/2010 19:00
Evento: Shows dos grupos Casuarina e Funk Como Le Gusta na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.

*Farofa Carioca e Marcelo D2 – Natal Hangar 2010

Início: 16/12/2010 19:00
Evento: Shows do grupo Farofa Carioca e de Marcelo D2 na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.

* Mulheres de Chico e Mart’nália – Natal Hangar 2010

Início: 17/12/2010 19:00
Evento: Show de Mulheres de Chico e de Mart’nália na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.

*Biquíni Cavadão – Natal Hangar 2010

Início: 18/12/2010 19:00
Evento: Show do grupo Biquíni Cavadão na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.

*Teatro Mágico – Natal Hangar 2010

Início: 19/12/2010 19:00
Evento: Show do Teatro Mágico na programação do “Natal Hangar – Um Natal Para Todos”.

*******Informações recebidas por e-mail e não confirmadas.

The Joshua Tree

Posted in Uncategorized on novembro 26, 2010 by ewertonbruno

 

Quando ganhei esse disco, no inicio da minha adolescência. Pirei na ideia da banda, instrumentos mais limpos, atitude ativista, uma identidade totalmente diferente do que eu estava acostumado.

Depois de muito escutar Iron Maiden (Primeiro de abril tem show do Iron em Belém \m/ . Parece mentira =D). Vibrei no som do U2, o CD estava em primeiro lugar na minha lista (não só na minha porque consta como quinto nos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fam, na frente de grandes como The Rolling Stones e Bob Dylan). Até que veio um espertão e levou o CD do carro do meu pai, daí nunca mais ouvi falar dele.

Hoje em dia me contento com a mp3 =)

Faixas

  • “Where the Streets Have No Name”
  • “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”
  • “With or Without You”
  • “Bullet the Blue Sky”
  • “Running to Stand Still”
  • “Red Hill Mining Town”
  • “In God’s Country”
  • “Trip Through Your Wires”
    “One Tree Hill”
    “Mothers of the Disappeared”

    Que conhecer a história do U2: Clique Aqui!

Conexão com a natureza – Bonsai

Posted in Bonsai on julho 22, 2010 by ewertonbruno

A algum tempo que eu trilho a caminhada para o aprimoramento da minha existência. Minha última novidade nessa caminhada é o cultivo de plantas, desde muito tempo que se houve que cultivar plantas é uma terapia. Eu concordo.

E como sempre gostei de filosófias orientais, devo ter vivido algumas existências por lá, sempre achei muito bonito o cultivo de bonsais. Estive estudando e estou criando meu primeiro pré-bonsai.

Ai você pergunta pré-bonsai? Isso!

Antes de uma planta se tornar um Bonsai com B maiúsculo ela precisa se desenvolver e tornar-se uma planta adulta dentro de certos padrões. Aqui vai uma foto dela.

minha primeira plantinha

Ela esta trocando de folhas agora, por isso alguns galhos estão pelados.

O texto abaixo representa muito bem o que é a arte de cultivar um Bonsai. Texto do site Arte Bonsai.

O Bonsai em Evolução

Eduardo Campolina

Evolução: Desenvolvimento gradual; movimento progressivo; transformação.

Tudo no universo tem como base o desenvolvimento e evolução, mas nada ocorre aos saltos. A evolução é gradativa, cada melhoria proporciona condições a mais um passo no processo.

Indubitavelmente, é o conceito mais intimamente relacionado à Arte Bonsai, sobre todos os aspectos. É a base conceitual, pré-requisito e objetivo, agente e resultante.

Em nenhuma outra arte existe tal interdependência na evolução da obra e do criador.

Obra em constante mutação, nunca terminada, obriga um grau de envolvimento e atenção único por parte do artista. O Bonsai precisa evoluir como ser vivo e como expressão artística durante toda a sua existência, forçando a evolução do seu criador nas mesmas bases, como indivíduo e como artista. E quanto maior a evolução do artista, maior a evolução da obra, e assim sucessivamente.

Todas as formas de expressão artísticas orientais possuem como objetivo principal a evolução intelectual e espiritual do indivíduo. Através da arte, buscam a elevação e o auto-conhecimento. Pela representação e compreensão dos elementos naturais e das forças envolvidas no seu funcionamento, encontram elementos de aprendizado para o crescimento individual.

O Bonsai carrega uma enorme quantidade de simbolismos e ensinamentos.  Enquanto árvore representa vigor, perseverança, resistência, força e ao mesmo tempo serenidade, tolerância, flexibilidade, adaptabilidade. Seu cultivo demanda concentração, conhecimento, experiência, habilidade, paciência, respeito e disciplina. Sua apreciação individualmente ou em conjunto com outros elementos artísticos relacionados, proporciona beleza e tranqüilidade, estimulando à meditação.

Aqui algumas imagens para inspirar


Quem não usa ágil da um tiro no escuro (Hugo Maia Vieira)

Posted in Música, Tecnologia on julho 21, 2010 by ewertonbruno

Muito bom!

Paródia do velho e grande Raulzito, sobre desenvolvimento ágil. Parabéns aos idealizadores!

Kent Beck já dizia
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Mas não é bem verdade?
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Hummm…

(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Kent Beck já dizia o requisito vai mudar
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Mas o escopo é fechado e não dá mais para alterar
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
A qualidade cai por terra, não dá tempo pra testar
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
O analista documenta pois não sabe implementar

Quem não usa ágil dá um tiro no escuro
E como a maré, os requisitos sempre mudam
E o cliente então, bate a cara contra o muro

(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Pra erro bobo corrigir, pair programming eu vou fazer
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
E vou trocar conhecimentos, todo dia aprender
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
CMM é o caramba a parada é XP
(Quem não usa ágil dá um tiro no escuro)
Pra que tanto documento se eu tenho BDD

Quem não usa ágil dá um tiro no escuro
E como a maré, os requisitos sempre mudam
E o cliente então, bate a cara contra o muro

Você pode escutar a música clicando aqui

O blog do desenvolvedor Hugo Maia

As 7 Leis Herméticas

Posted in Espiritualismo on junho 21, 2010 by ewertonbruno

Hoje me deram a missão de entender como funciona um programa de newsletter.

Enquanto subia os arquivos, comecei a pesquisar na internet algo sobre meditação, e acabei achando, logo como segundo resultado do Oráculo (Google), um site que a muito tempo não lia.

Certo momento cheguei ao nome Hermes Trimegistus, e lembrei da musica do Jorge Ben Jor,”Hermes Trismegisto Escreveu”, do album “África Brasil”, que fala sobre as leis herméticas.

Depois de alguns minutos de pesquisa entendi melhor o que ele queria dizer. Ele falava das Leis Fundamentais do Universo, com uma roupagem diferente do que estamos acostumados a escutar. Mas que na essência dizem a mesma coisa, a Verdade.

Desfrutem e pesquisem sobre Hermes Trimegistus.

As sete leis herméticas

As sete principais leis herméticas se baseiam nos princípios incluídos no livro Caibalion que reúne os ensinamentos básicos da Lei que rege todas as coisas manifestadas. A palavra Caibalion, na língua hebraica significa tradição ou preceito manifestado por um ente de cima. Esta palavra tem a mesma raiz da palavra Kabbalah, que em hebraico, significa recepção.

Lei do Mentalismo

“O Todo é Mente; o Universo é mental.”

O universo funciona como um grande pensamento divino. É a mente de um Ser Superior que ‘pensa’ e assim é tudo que existe. É o todo. Toda a criação principiou como uma ideia da mente divina que continuaria a viver, a mover-se e a ter seu ser na divina consciência.

A matéria são como os neurônios de uma grande mente, um universo consciente e que ‘pensa’. Todo o conhecimento flui e reflui de nossa mente, já que estamos ligados a uma mente divina que contém todo o conhecimento.

Lei da Correspondência

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima”

A perspectiva muda de acordo com o referencial. A perspectiva da Terra normalmente nos impede de enxergar outros domínios acima e abaixo de nós. A nossa atenção está tão concentrada no microcosmo que não nos percebemos o imenso macrocosmo à nossa volta.

O principio de correspondência diz-nos que o que é verdadeiro no macrocosmo é também verdadeiro no microcosmo e vice-versa. Portanto podemos aprender as grandes verdades do cosmo observando como elas se manifestam em nossas próprias vidas.

Lei da Vibração

“Nada está parado, tudo se move, tudo vibra”

No universo todo movimento é vibratório. O todo se manifesta por esse princípio. Todas as coisas se movimentam e vibram com seu próprio regime de vibração. Nada está em repouso. Das galáxias às partículas sub-atômicas, tudo é movimento.

Todos os objetos materiais são feitos de átomos e a enorme variedade de estruturas moleculares não é rígida ou imóvel, mas oscila de acordo com as temperaturas e com harmonia. A matéria não é passiva ou inerte, como nos pode parecer a nível material, mas cheia de movimento.

Lei da Polaridade

“Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados ”

A polaridade revela a dualidade, os opostos representando a chave de poder no sistema hermético. Mais do que isso, os opostos são apenas extremos da mesma coisa. Tudo se torna idêntico em natureza. O pólo positivo + e o negativo  da corrente elétrica são uma mera convenção.

O claro e o escuro também são manifestações da luz. A escala musical do som, o duro versus o flexível, o doce versus o salgado. Amor e o ódio são simplesmente manifestações de uma mesma coisa, diferentes graus de um sentimento.

Lei do Ritmo

“Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação”

Pode se dizer que o princípio é manifestado pela criação e pela destruição. É o ritmo da ascensão e da queda, da conversão energia cinética para potencial e da potencial para cinética. Os opostos se movem em círculos.

É a expansão até chegar o ponto máximo, e depois que atingir sua maior força, se torna massa inerte, recomeçando novamente um novo ciclo, dessa vez no sentido inverso. A lei do ritmo assegura que cada ciclo busque sua complementação.

Lei do Gênero

“O Gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero se manifesta em todos os planos da criação”

Os princípios de atração e repulsão não existem por si só, mas somente um dependendo do outro. Tudo tem um componente masculino e um feminino independente do gênero físico. Nada é 100% masculino ou feminino, mas sim um balanceamento desses gêneros.

Existe uma energia receptiva feminina e uma energia projetiva masculina, a que os chineses chamavam de yin yang. Nenhum dos dois pólos é capaz de criar sem o outro. É a manifestação do desejo materno com o desejo paterno.

Lei de Causa e Efeito

“Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nenhum escapa à Lei”

Nada acontece por acaso, pois não existe o acaso, já que acaso é simplesmente um termo dado a um fenômeno existente e do qual não conhecemos e a origem, ou seja, não reconhecemos nele a Lei à qual se aplica.

Esse princípio é um dos mais polêmicos, pois também implica no fato de sermos responsáveis por todos os nossos atos. No entanto, esse princípio é aceito por todas as filosofias de pensamento, desde a antiguidade. Também é conhecido como karma.

Da Energia Latente no Ser Humano

Ser Humano (Ser) é Energia. Essa Energia é força de maior intensidade, de menor intensidade e de zero intensidade. O Ser ativo, participativo, solidário, ético, optativo e decisivo é um Ser de Energia de intensidade alta, grande, maior. Um Ser inativo, egoísta, passivo, corruptor, inoptativo e indeciso é um Ser de Energia de intensidade baixa, rasa, sofrível. Um Ser doente, em fase terminal, é um Ser de intensidade de Energia igual a zero. Um Ser que faz o mal, vive para o mal, pratica o mal, venera o mal, participa para o mal, tem o pensamento voltado para o mal, ludibria a vontade alheia em proveito próprio, tem uma Energia de intensidade sofrível. Um Ser que é benevolente, que pratica boas ações, que venera o bem, faz o bem sem olhar a quem, ajuda ao próximo, tem o pensamento voltado para a prática do bem, é altruísta, provoca a paz entre os homens, tem uma Energia de intensidade maior.

Televisão

Posted in Música on junho 4, 2010 by ewertonbruno

Homem tv

Televisão – Acústico Reggae

Por mais que a humanidade
Tente mudar o mundo
Não servira de nada
Se não mudar profundo
A escravidão é a mesma de mil anos atrás
Só muda o sistema que não nos deixa em paz

Mas o sistema que o crucificou
Ainda é o mesmo que rouba de nós
Porque temem a revolução
Controlados por televisão
Televisão, controlados por televisão

Se muita gente rouba e não vai pra cadeia
Ou tem muito dinheiro
Ou pura incompetência
Os anos vão passando
E a história é sempre a mesma
Só mudam as figuras e suas inconveniências

Mas o sistema que o crucificou
Ainda é o mesmo que rouba de nós
Porque temem a revolução
Controlados por televisão
Televisão, controlados por televisão

(Porque temem a revolução)
(Controlados por televisão)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.